«

»

Comum no tratamento ortodôntico, reabsorção dentária não possui importância clínica

Associada a mais de 90% dos dentes tratados ortodonticamente, a reabsorção radicular é caracterizada pela perda de volume na raiz do dente, o que resulta em milimétrico encurtamento. Esta alteração, em geral, não diminui a longevidade e a capacidade funcional dos dentes envolvidos. Por isso, é considerada comum ao tratamento ortodôntico e sem importância clínica.

O processo de reabsorção é causado por situações em que os tecidos dentários mineralizados são eliminados ou destruídos pela aplicação de força, seja a exercida pelos aparelhos ortodônticos, traumas ou por tratamentos endodôntico e periodontal. A ortodontia é geralmente apontada como a principal causa da reabsorção radicular, por ser uma mecânica imposta, que implica movimentação dentária por meio da força.

Microscopicamente, a raiz dentária geralmente diminui entre 0,5 e três milímetros, perda considerada mínima em comparação aos benefícios gerados pelo tratamento ortodôntico, que promove a harmonia dos arcos dentários e normaliza a saúde bucal.

Casos de reabsorção mais severa podem acontecer, resultando em perda do dente. Por isso, a documentação ortodôntica e o acompanhamento da ortodontista são fundamentais antes e durante o tratamento.

Em geral, quando identificada uma reabsorção radicular acima da considerada normal, a dentista deve suspender temporariamente o tratamento ortodôntico, dando aos dentes um tempo para “repouso”. Este tempo pode variar entre um e três meses, dependendo da severidade do problema.

Durante esse período, a necessidade da intervenção ortodôntica deve ser reavaliada de acordo com a situação encontrada e os riscos que ela representa, adaptando o tratamento a força e trauma que o dente pode suportar sem sofrer danos.

A saúde começa pela boca: consulte sempre um dentista
Dra. Kamila Godoy: (11) 2451-6335 e (11) 3078-2691
Ligue e agende sua visita


Artigos relacionados:

3 comentários

  1. Débora

    Ola estou com reabsorçao dentaria , isso tem cura ? Ainda uso aparelho ,gostaria de saber se tem tratamento e se posso tratar mesmo usando aparelho pois ja estou no fim do tratamento ortondontico ,nao queria tira-lo pois tenho medo de ficar com os dentes tortos.Aguardo respostas .

  2. cleuza

    ola, estou c/ esse problema de reabsorção radicular, usei por 5 anos aparelho ma n ficou como eu imaginava. tirei por esse problema. ja se passaram 7 meses. posso coloca lo novamente ?

  3. Amanda

    Olá, estou com reabsorção dentária, e tive que tirar o aparelho ortodôntico, o problema que meus dentes ficaram pior do que quando eu puis aparelho, meus dentes ficaram mais pra frente, gostaria de saber se a reabsorção dentária tem cura? porque gostaria de por aparelho de novo, porque meus dentes ficaram horriveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>