«

»

Comum no tratamento ortodôntico, reabsorção dentária não possui importância clínica

Associada a mais de 90% dos dentes tratados ortodonticamente, a reabsorção radicular é caracterizada pela perda de volume na raiz do dente, o que resulta em milimétrico encurtamento. Esta alteração, em geral, não diminui a longevidade e a capacidade funcional dos dentes envolvidos. Por isso, é considerada comum ao tratamento ortodôntico e sem importância clínica.

O processo de reabsorção é causado por situações em que os tecidos dentários mineralizados são eliminados ou destruídos pela aplicação de força, seja a exercida pelos aparelhos ortodônticos, traumas ou por tratamentos endodôntico e periodontal. A ortodontia é geralmente apontada como a principal causa da reabsorção radicular, por ser uma mecânica imposta, que implica movimentação dentária por meio da força.

Microscopicamente, a raiz dentária geralmente diminui entre 0,5 e três milímetros, perda considerada mínima em comparação aos benefícios gerados pelo tratamento ortodôntico, que promove a harmonia dos arcos dentários e normaliza a saúde bucal.

Casos de reabsorção mais severa podem acontecer, resultando em perda do dente. Por isso, a documentação ortodôntica e o acompanhamento da ortodontista são fundamentais antes e durante o tratamento.

Em geral, quando identificada uma reabsorção radicular acima da considerada normal, a dentista deve suspender temporariamente o tratamento ortodôntico, dando aos dentes um tempo para “repouso”. Este tempo pode variar entre um e três meses, dependendo da severidade do problema.

Durante esse período, a necessidade da intervenção ortodôntica deve ser reavaliada de acordo com a situação encontrada e os riscos que ela representa, adaptando o tratamento a força e trauma que o dente pode suportar sem sofrer danos.

A saúde começa pela boca: consulte sempre um dentista
Dra. Kamila Godoy: (11) 2451-6335 e (11) 3078-2691
Ligue e agende sua visita


Artigos relacionados:

8 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Débora

    Ola estou com reabsorçao dentaria , isso tem cura ? Ainda uso aparelho ,gostaria de saber se tem tratamento e se posso tratar mesmo usando aparelho pois ja estou no fim do tratamento ortondontico ,nao queria tira-lo pois tenho medo de ficar com os dentes tortos.Aguardo respostas .

    1. Juliana

      Eu coloquei aparelho em 2007, fiz toda a documentação exigida e o tratamento durou por 4 anos. Tirei o aparelho, mas não foi feita nenhuma documentação final por parte do dentista para verificar como estavam os dentes. Blz. Daí passei a ir em outro dentista para fazer tratamentos de rotina. e justamente depois de 4 anos em um belo dia , fazendo apenas uma limpeza, outro profissional percebeu os dentes 11/21 frágeis, ou seja, perda óssea e já tenho que extrair.

      Bem, não sofri nenhum acidente nem pancada, mas fiz o tratamento ortodôntico por 4 anos, a dentista não assume a culpa por completo, e eu acho que no mínimo ela deveria arca com o tratamento, pois já descobri no final, por acaso e nunca pensei que isso poderia acontecer.

      Gostaria de saber sua opinião, ela é realmente culpada? mediante eu não ter sofrido nenhum trauma? O que eu faço, ponho na justiça, foi realmente falha dela?

      Eu realmente nunca imaginei que aparelho poderia causar isso…. Ela nunca falou nada, tanto que nem documento final ela pediu… E ai, o que eu faço?

      Eu só tenho a tomografia atual, depois de 4 anos da retirada do aparelho, ou seja, usei 4 e já tem 4 anos que retirei.

  2. cleuza

    ola, estou c/ esse problema de reabsorção radicular, usei por 5 anos aparelho ma n ficou como eu imaginava. tirei por esse problema. ja se passaram 7 meses. posso coloca lo novamente ?

  3. Amanda

    Olá, estou com reabsorção dentária, e tive que tirar o aparelho ortodôntico, o problema que meus dentes ficaram pior do que quando eu puis aparelho, meus dentes ficaram mais pra frente, gostaria de saber se a reabsorção dentária tem cura? porque gostaria de por aparelho de novo, porque meus dentes ficaram horriveis.

  4. Bruna

    Olá, estou muito preocupada, há 2 anos descendo a escada me desequilibrei e bati com a boca na parede, lascou um dente, na hora a dentista apenas disse para acompanhar para ver se o dente nao iria escurecer, ele nao escureceu, em agosto deste ano fiz uma periapical para colocar aparelho e constou reabsorção externa em 3 dentes incisivos superiores devido esta pancada, a dentista disse que nao comprometeu o dente essa reabsorção, fez o teste pulpar e a polpa dos dentes estão vivas,(poucos dias depois de fazer a peripical a minha cachorrinha bateu na minha boca nao senti o dente doer meu labio fico com um corte bem pequeno, comentei com a dentista disse q n afetaria pois a batida foi na boca e nao no dente, mas enfim tbm fiquei cismada com essa batidinha) não quero colocar aparelho com medo pois dentes traumatizados tem maior tendencia a reabsorção, minha preocupação é: mesmo sem colocar aparelho tenho muito medo da reabsorção continuar e eu perder os 3 dentes da frente, corro esse risco???? se a reabsorção continuar o tratamento de canal costumar salvar dentes com casos de reabsorção externa, as chances do canal salvar são mais pra positivas ou negativas????? consigo salvar esses dentes de alguma forma???muito grata pela atenção

  5. Maria Aparecida Ap

    Boa noite.IMPORTANTE PRA MIM SUA RESPOSTA.

    REABSORÇAO LOGO APOS EMOVI O APATELHO,TBM ESCURECIMENTO ELEMENTO
    MUITO MEDO DE PERDER ESSES DOIS ELEMENTOS,Q EO 11E21,PERCEBI Q OUTRO PROFICIONAL
    NAO TEM MUITO INTERESSE FAZER O TRATAMENTO.JA Q O ORTODONTISTA ME ENCAMINHOU P OUTRO CONSULTORIO.ESTOU MUITO TRISTE.DEPRESSAO

  6. Leandro

    A um pouco mais de um ano passei no dentista ela fez uma radiografia e estava tudo normal, recentemente passei denovo e realizei outra radiografia e apareceu que a raiz do meu dente da”frente” esta sumindo, eu não bate em nenhum lugar, a dentista disse que terei que arrancar, isso é mesmo necessário, e isso pode ser hereditário? Minha irmã teve a mesma coisa, porém o dela deu um pequeno tumor!

  7. Maria Aparecida de Melo

    Após uma dor de cabeça coisa que eu não sentia, recorri a um médico que me enviou para um dentista para correção de ATM. Fui a uma clínica e lá colocaram um aparelho ortodôntico fixo que era mexido 1 vez por mês. Observei após cerca de 1 ano e 2 meses que meus dentes estavam ficando bambos. Segundo a dentista era assim mesmo. Passaram mais 3 meses e na sessão meus dentes da frente superiores e inferiores estavam mais bambos ainda. Pedi que retirasse o aparelho pois achei que meus dentes iriam se soltar a qualquer momento. Assim que foi retirado procurei outra clínica e fui encaminha a uma ortodontista a qual me disse que meus 4 dentes posteriores estão perdidos e os 2 do meio inferiores também. Estou desesperada, o que fazer? Existe tratamento para que eu não perca os dentes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>