«

»

O que é um pivô?

Alguns traumas externos e problemas bucais, sobretudo cáries, podem causar perda estrutural do dente, comprometendo sua funcionalidade e a integridade da saúde bucal. Nesses casos, uma restauração dental se torna necessária para que o dente afetado volte à sua forma e função normais.

O processo de restauração envolve a remoção de toda a área afetada, limpeza e, por último, preenchimento da cavidade formada em função do problema com materiais específicos — que podem ser ouro, porcelana, resina composta ou amálgama. Esse procedimento é muito importante, pois fecha os espaços onde bactérias poderiam se infiltrar, evitando novas infecções.

Em casos mais graves, em que a deterioração atingiu toda a coroa dentária (a parte visível do dente, que fica para fora da gengiva), é necessária a instalação de um pino — o famoso pivô — que sustente a coroa protética. Esse pino é encaixado na raiz dentária, que receberá tratamento endodôntico prévio para receber a estrutura.

Embora tanto os pinos quanto os implantes sejam estruturas cirurgicamente posicionadas para receber próteses que imitam os dentes naturais, vale lembrar que esses dois procedimentos de reabilitação possuem fundamentação completamente diferente.

Os implantes substituem as raízes dentárias no caso de um dente perdido ou que precisou ser extraído, enquanto o pino se apoia na raiz de um dente ainda viável, mas que teve a coroa natural destruída. Portanto, os implantes são instalados nos casos em que não há mais dente (ou nunca houve), e os pinos são utilizados quando ainda existe estrutura dentária na gengiva.

Os pinos podem ser pré-fabricados ou “personalizados”. Os pré-fabricados são feitos de fibra de carbono ou fibra de vidro, e ajustados aos canais dentários. Quando feita sob medida, a estrutura é chamada núcleo metálico fundido. Nesse último caso, a dentista molda o canal do dente do paciente e o núcleo é confeccionado em níquel-cromo, por um laboratório especializado em próteses dentárias.

 


Artigos relacionados:

3 comentários

  1. alan

    bom dia gostaria muito de colocar aparelho na minha cachorra e possível ?

    1. Carol

      Isso é brincadeira né?

  2. Lisa

    Quando se tem um pivô, é possível ter cárie na raiz do dente???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>