«

»

Posso fazer ressonância magnética com aparelho fixo?

A ressonância magnética é um dos mais importantes exames de diagnóstico por imagem da medicina atual. Ele detecta alterações específicas da parte interna do corpo por meio de mapeamento 2D e 3D da estrutura das articulações e ossos, avalia a morfologia dos órgãos abdominais e integridade do sistema nervoso central. Portanto, é um exame fundamental para o diagnóstico e acompanhamento de problemas de saúde como aneurismas, tumores, alterações na medula óssea e lesões vasculares, ósseas e articulares.

Para criar a imagem do corpo humano, o aparelho de ressonância utiliza um grande imã para criar um campo magnético que sensibiliza as moléculas do corpo de maneira uniforme. Em seguida, um campo oscilatório (semelhante ao de radiofrequência) é emitido em ressonância com as moléculas sensibilizadas, que “devolvem” a energia absorvida para a máquina, permitindo que as imagens em alta resolução sejam geradas.

Por causa desse imã, dispositivos de metal ou com ligas metálicas podem influenciar severamente no resultado e precisão das imagens. Assim, pacientes em tratamento ortodôntico que utilizam aparelho fixo com partes metálicas ou pessoas que possuam implante dentário de titânio não são indicados para a realização de uma ressonância magnética.

A contraindicação não deve apenas às distorções na imagem causadas pela interação entre partes metálicas e imã, mas também porque os dispositivos utilizados pela ortodontia podem se tornar prejudiciais durante o exame. Caso materiais como bráquetes, fios de aço inoxidável, alças metálicas, bandas ortodônticas ou expansores palatinos se soltem, o forte campo magnético pode gerar o que é chamado de “efeito míssil” (objeto ferromagnético que vai em disparada em direção ao imã), o que pode lesionar o paciente.

Caso um paciente com aparelho ortodôntico precise fazer um exame de ressonância magnética, o radiologista deve avaliar os riscos e benefícios existentes. De acordo com a classificação de risco para o procedimento de ressonância magnética, testada e atualizada constantemente, bráquetes e fios ortodônticos não são seguros para o exame e devem ser removidos antes do procedimento.

Em geral, se a região a ser examinada for distante da boca (e do aparelho) e se a ressonância for realmente essencial ou emergencial, uma exceção pode ser aberta.

A saúde começa pela boca: consulte sempre um dentista
Dra. Kamila Godoy: (11) 2451-6335 e (11) 3078-2691
Ligue e agende sua visita


Artigos relacionados:

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Ana paula lima

    Amanha irei fazer um exame de ressonancia magnetica do meu ombro direito,porem eu tenho um dente implantado do lafio esquerdi.Eu posso ou nao fazer esse exame?

  2. Ouriana Ribeiro

    Tenho aparelho ortodontico e tenho que fazer uma ressonancia e nao sabia que nao podia usar aparelho e agora o que eu faco?

  3. Claisa Antonia

    eu tenho uma ressonancia marcada pra fazer em outra cidade, mais uso aparelho ortodontico, e agora?O exame é do útero!Obrigado!

  4. Márcia Bonfim

    Boa Noite!

    Eu tenho uma ressonancia magnética da cabeça para fazer e uso aparelho ortodontico, o que faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>